Futsal (Descontinuado)

ACD Igreja Velha 4 - CB Caldas da Rainha 5 | Crónica

17_jornada_2011_2012A ACD Igreja Velha perdeu esta noite por 4-5, frente à Casa do Benfica das Caldas da Rainha, e colocou o 3º lugar em risco. A equipa só se pode queixar de si própria.

Nos últimos 7 jogos para o campeonato, a nossa equipa somava 6 vitórias e apenas um empate, fora contra a Pocariça. Há quase 3 meses que não conhecíamos o sabor amargo da derrota. A última vez tinha acontecido a 17 de Dezembro do ano passado, no derradeiro jogo do ano.

Depois de na jornada anterior termos conseguido vencer fora a equipa do São Bento, entravamos para esta partida com a moral em alta. Na baliza, com o David e o João lesionados, foi mais uma vez o BA que assumiu a posição.

Nos primeiros 5 minutos da partida desperdiçámos uma série de oportunidades de golo. Entrávamos rápidos sobre a bola e criávamos lances de perigo com regularidade. Chegámos a enviar uma bola ao poste.

O Huguito destacava-se com as suas fintas curtas e rápidas e fazia a cabeça em água à defesa contrária. Até que sofreu uma entrada mais dura e teve de sair da partida, por alguns minutos, com dores.

Depois o jogo entrou numa toada mais equilibrada. A equipa visitante começou a pressionar muito alto, mesmo à saída da nossa área, o que nos causou alguma dificuldade nas saídas para o ataque.

Até aos 12 minutos o jogo foi equilibrado e sem grandes ocasiões de golo. Depois, e sem nada que o fizesse rever, a nossa equipa desconcentrou-se e a CB Caldas da Rainha pegou no jogo. Em apenas 2 minutos dispôs de uma série de ocasiões claras de golo até que marcou mesmo, aos 14 minutos.

A nossa reacção foi tímida mas um minuto depois conseguimos mesmo empatar, por um dos poucos jogadores esclarecidos desta noite, o Fábio. Numa jogada individual sobre a esquerda consegue flectir a bola para o meio e rematar para o fundo da baliza. Poucos segundos depois, os visitantes fizeram a 5ª falta, situação que não soubemos aproveitar.

Estávamos desconcentrados e lentos na partida e, por isso mesmo, não foi de estranhar que os visitantes tivessem marcado novamente, a 2 minutos e meio do fim da primeira parte. Muita desconcentração defensiva deixou-nos outra vez em desvantagem.

A resposta veio dos pés do Huguito que à boca da baliza tenta desviar, de primeira, um passe do BA causando muito perigo. No lance seguinte, na nossa área, mais um passe errado em zona proibida permitiu à CB Caldas da Rainha quase chegar ao terceiro golo.

A 1 minuto do intervalo surge o empate, novamente pelo Fábio que aproveitou uma bola perdida na área para rematar à baliza e repor a igualdade.

Para a segunda parte esperava-se mais da nossa equipa. Mas não houve. Entrámos novamente lentos e sem soluções. Os nossos jogadores pareciam bloqueados e desconcentrados, errando passes e permitindo ataques perigosos do adversário.

O único destaque dos minutos iniciais do reatamento vai para uma boa jogada do Nuno, que fintou toda a equipa adversária e rematou muito perto do poste.

A CB Caldas da Rainha aparecia mais perigosa nos primeiros 5 minutos fez-nos aquilo que lhes fizémos na primeira parte: teve uma série de oportunidades claras de golo e chegou mesmo a a enviar uma bola ao poste.

Até que marcou mesmo. Mais um passe mal feito na nossa área e remate por entre as pernas do BA para o 2-3. Muita desconcentração defensiva deixou-nos novamente em desvantagem. Esboçou-se a reacção, mas as nossas ocasiões surgiam mais por lances individuais do que por jogo de equipa.

Só aos 10 minutos da segunda parte surgiu, finalmente, o golo do empate. Novamente o Fábio a mostrar-se o jogador mais esclarecido e apareceu sobre a direita do nosso ataque fuzilando a baliza adversária. Fazia assim o seu hat-trick, aproximando-se do Nuno na lista de melhores marcadores da equipa.

Minuto e meio depois chegámos pela primeira (e única) vez no encontro à vantagem. O golo surgiu precisamente do Nuno, que rematou colocado de fora da área. Em vantagem, podiamos finalmente controlar a partida mas tal não aconteceu.

Com muita velocidade, a equipa adversária, sempre alertada pelos constantes gritos do seu treinador, fazia a bola chegar com perigo à nossa área. Tanto que, segundos depois de termos marcado o nosso quarto golo, esteve muito perto de empatar novamente a partida.

Era notória a incapacidade da nossa equipa de mandar e controlar o jogo. Por um lado por demérito nosso, por outro lado porque a CB Caldas da Rainha pressionava-nos muito alto.

Alguns minutos depois, o nosso calcanhar de Aquiles na partida fez mais estragos. A enorme falta de concentração defensiva permitiu ao adversário marcar mais um golo e empatar a partida a 4-4.

Tentámos responder em 5 para 4 mas não conseguíamos chegar à baliza contrária e criar lances de perigo com muita frequência. E sempre que o fazíamos os nossos jogadores mostravam-se muito perdulários.

A dois minutos do final da partida surge o golo da vitória da CB Caldas da Rainha. Enquanto tentávamos chegar ao 5º golo, a jogar de 5 para 4, falhámos um passe que não podíamos falhar e, reagindo rapidamente, um jogador adversário rematou para a nossa baliza deserta.

Até ao final da partida ainda tentamos tudo para, pelo menos, chegar ao empate, mas não foi possível. Foram três pontos perdidos antes de três jornadas terríveis, é que os próximos adversários são Olho Marinho (fora), Casal Velho (em casa) e Caranguejeira (fora).

É difícil aceitarmos as derrotas mas temos de admitir que não estivemos bem, ao contrário do adversário, que esteve sempre mais concentrado e mais empenhado.


Galeria de Fotos

{jcomments off}

 

cong tachada

cong tachada

  • 13147342_1121640734542309_5333217091060483567_o_1121640734542309
  • 13120022_1121641281208921_4705344174671915940_o_1121641281208921
  • 13147368_1121641681208881_6946609335032957349_o_1121641681208881
  • 13122893_1121641351208914_4770231969906573332_o_1121641351208914
  • 13161680_1121642191208830_2776244652652084237_o_1121642191208830

cong tachada